Astigmatismo: Oftalmologista Explica Tudo Sobre a Doença!

Dr. Andre Vidoris

5
(1)

Eu sou Doutor André Vidoris, oftalmologista e irei abordar um tema importante para a saúde ocular: o astigmatismo.

Essa condição é bastante comum e pode ocorrer isoladamente ou em conjunto com outras condições refrativas, como miopia, hipermetropia e presbiopia.

O que é Astigmatismo?

O astigmatismo é resultado de uma diferença nas curvaturas da córnea.

Em olhos saudáveis, a córnea apresenta curvaturas iguais em todas as direções.

No entanto, no astigmatismo, uma curvatura é maior em um eixo (vertical, horizontal ou oblíquo) do que nos outros.

Por exemplo, se a curvatura vertical é de 43 graus e a curvatura horizontal é de 40 graus, há uma diferença de 3 graus, indicando um astigmatismo de 3 graus.

Sintomas do Astigmatismo

Os sintomas do astigmatismo podem incluir dificuldade para enxergar à distância e problemas de visão de perto, especialmente em casos mais acentuados ou em astigmatismos oblíquos.

Os pacientes podem experimentar borrões nas letras e bordas de imagens, além de fadiga visual ao realizar esforço visual de perto ou em médias distâncias.

Esses sintomas costumam ser mais perceptíveis à noite, devido à dilatação da pupila em ambientes com pouca luminosidade.

Estima-se que o astigmatismo afete até 70% da população e pode causar embaçamento e distorção da imagem.

Isso ocorre porque a diferença de curvatura na córnea resulta em dois pontos focais, um em cima da retina e outro mais adiante ou atrás dela, dependendo do tipo de astigmatismo.

Alguns pacientes podem tentar focalizar entre esses pontos para obter uma visão mais nítida.

Astigmatismo: Oftalmologista Explica Tudo Sobre a Doença!

Prevenção do Astigmatismo

Prevenir o astigmatismo geralmente está associado a fatores genéticos, tornando difícil evitar completamente o desenvolvimento de sintomas.

No entanto, é possível adotar medidas para prevenir danos oculares adicionais, como evitar o uso excessivo de telas e o hábito de esfregar ou coçar os olhos.

Além disso, é recomendado realizar consultas regulares com um oftalmologista para monitorar o astigmatismo e detectar possíveis problemas.

Quando há sintomas de alergia, é importante evitar o ato de esfregar os olhos com frequência, pois isso pode levar ao afinamento da córnea e sua projeção para frente, resultando em um aumento significativo do astigmatismo.

Tratamento de Astigmatismo

O tratamento do astigmatismo geralmente envolve o uso de óculos ou lentes corretivas.

Para casos de astigmatismo leve, podem ser indicadas lentes de contato gelatinosas, enquanto astigmatismos mais acentuados podem exigir lentes tóricas.

Já em situações de córneas irregulares e astigmatismo elevado, como no ceratocone, é possível que sejam necessárias lentes de contato rígidas, especialmente as esclerais.

Pacientes com astigmatismo estável acima de 23 anos e córneas regulares podem ser candidatos ao tratamento cirúrgico a laser.

Além disso, em casos de catarata, a cirurgia de catarata com implante de lentes tóricas intraoculares pode corrigir o astigmatismo.

Tratamento de astigmatismo em são paulo.

Ceratocone e Astigmatismo

O ceratocone é uma doença progressiva da córnea, a parte frontal transparente do olho.

Nessa condição, a córnea começa a afinar e se projetar para frente, assumindo uma forma cônica irregular.

Esse afinamento e deformação da córnea resultam em distorção visual e astigmatismo, em que a córnea perde sua curvatura regular e assume formas mais irregulares.

Confira nosso vídeo sobre ceratocone:

É importante ressaltar que nem todos os pacientes com ceratocone desenvolvem astigmatismo, mas a presença dessa condição refrativa é comum nos casos de ceratocone.

O astigmatismo no ceratocone geralmente é alto e irregular, causando uma visão borrada e distorcida.

O astigmatismo no ceratocone pode ser um desafio para correção visual, pois as lentes convencionais nem sempre são capazes de compensar adequadamente a irregularidade da córnea.

Em alguns casos, as lentes de contato rígidas, especialmente as esclerais, são prescritas para fornecer uma superfície lisa e regular à córnea, melhorando a visão e reduzindo as distorções causadas pelo astigmatismo.

No entanto, à medida que o ceratocone progride e a córnea se torna mais fina e irregular, o uso de lentes de contato pode se tornar menos eficaz.

Em casos avançados, em que a adaptação de lentes de contato se torna difícil, pode ser necessário considerar outras opções de tratamento, como o implante de anéis intraestromais.

Os anéis intraestromais são pequenos segmentos de plástico ou acrílico que são implantados cirurgicamente na córnea para remodelar sua curvatura.

Esses anéis ajudam a regularizar a forma da córnea, melhorando a visão e reduzindo o astigmatismo associado ao ceratocone.

Essa abordagem cirúrgica é especialmente útil em estágios avançados da doença, quando a visão do paciente é severamente afetada.

A close-up view of a phoropter, an ophthalmic testing device for eyesight check, selective focus on the part of the device with scales and digits in an ophthalmologist’s office; shallow depth of field

É importante destacar que, em alguns casos de ceratocone, a doença progride de tal forma que a córnea se torna excessivamente fina e irregular, impossibilitando a correção adequada do astigmatismo com anéis intraestromais ou lentes de contato.

Nesses casos, pode ser necessário considerar uma intervenção mais invasiva, como o transplante de córnea.

Em resumo, o ceratocone e o astigmatismo estão intimamente ligados, com o ceratocone frequentemente levando ao desenvolvimento do astigmatismo devido à deformação e irregularidade da córnea.

O tratamento do astigmatismo no ceratocone pode envolver o uso de lentes de contato rígidas, anéis intraestromais e, em casos mais avançados, até mesmo o transplante de córnea.

Se você suspeitar que possui ceratocone ou está enfrentando problemas de visão relacionados ao astigmatismo, é fundamental consultar um oftalmologista especializado.

Lembre-se sempre de buscar a avaliação de um oftalmologista para avaliar o seu caso específico e receber o tratamento mais adequado para o astigmatismo.

Se você procura tratamento para astigmatismo em São Paulo, agende uma consulta comigo clicando aqui.

A saúde dos seus olhos é essencial para garantir uma boa qualidade de vida.

Agradecemos a atenção de todos e esperamos que este artigo tenha esclarecido suas dúvidas sobre o astigmatismo.

Gostou? Nos ajude avaliando este artigo, por favor.

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

We are sorry that this post was not useful for you!

Let us improve this post!

Tell us how we can improve this post?

Leave a Comment