Ceratocone: Uma doença ocular que merece atenção

Dr. Andre Vidoris

5
(1)

Introdução

Eu sou Doutor André Vidoris, oftalmologista e irei abordar um tema importante para a saúde ocular: Ceratocone.

Essa doença da córnea que atenção e conscientização.

Atualmente, estamos encerrando o mês de junho, que é dedicado à campanha de prevenção e conscientização sobre o ceratocone, chamada de Junho Violeta.

O que é Ceratocone?

O ceratocone é uma deformidade da córnea, que é a lente mais anterior do olho quando visto de frente.

A córnea é composta principalmente por colágeno, uma proteína essencial.

No ceratocone, há um defeito no colágeno, levando ao afinamento e deformação progressiva da córnea, que começa a se projetar para frente, assumindo a forma de um cone.

Essa progressão causa aumento de astigmatismo, miopia e visão progressivamente borrada.

Leia mais sobre astigmatismo no nosso artigo “Astigmatismo: Oftalmologista Explica Tudo Sobre a Doença!

Sintomas do Ceratocone

O ceratocone pode ser assintomático em estágios iniciais, ou seja, a pessoa pode não apresentar sintomas.

Conforme a doença avança, os sintomas começam a se manifestar, incluindo embaçamento da visão, astigmatismo, sombreamento das bordas da imagem e distorção visual.

É comum os pacientes com ceratocone apresentarem sintomas alérgicos, como olhos vermelhos, coceira e irritação nos olhos.

É importante tratar os sintomas alérgicos, pois eles estão relacionados à progressão do ceratocone.

O hábito de esfregar os olhos também está associado ao ceratocone e deve ser evitado ao máximo.

Prevenção do Ceratocone

É fundamental evitar ao máximo o hábito de esfregar os olhos e manter consultas regulares com o oftalmologista.

Quando há quadros alérgicos nos olhos, é importante buscar tratamento com colírios lubrificantes, colírios antialérgicos ou, em casos selecionados, colírios com cortisona, sempre com prescrição e acompanhamento médico.

Exames regulares com o oftalmologista, como topografia da córnea, paquimetria e tomografia da córnea, são necessários a partir da adolescência, pelo menos uma vez por ano.

Ceratocone: Uma doença ocular que merece atenção

Tratamento do Ceratocone

No início, o tratamento do ceratocone geralmente envolve o uso de óculos ou lentes de contato corretivas.

É essencial realizar consultas regulares para monitorar a progressão da doença, por meio de exames auxiliares, como topografia da córnea e paquimetria.

Em casos mais avançados, pode ser indicado o tratamento por laser conhecido como crosslinking.

Esse procedimento visa reforçar a córnea, tornando-a mais resistente e evitando a progressão da deformidade.

Em casos em que a correção visual com óculos não é suficiente devido à irregularidade da córnea, a adaptação de lentes de contato rígidas, como as lentes esclerais, pode ser indicada.

Essas lentes cobrem toda a córnea, corrigindo o astigmatismo e a miopia.

Quando a curvatura da córnea é muito grande, mesmo após o crosslinking, o uso de um anel corneano intraestromal, como o Anel de Ferrara, pode ser considerado para diminuir a curvatura e melhorar a visão.

Em casos extremos, em que há progressão contínua ou formação de cicatrizes na córnea, pode ser necessário um transplante de córnea.

Leia mais sobre astigmatismo no nosso artigo “Astigmatismo: Oftalmologista Explica Tudo Sobre a Doença!

Conclusão

O ceratocone é uma doença ocular que requer atenção e cuidado.

É importante estar ciente dos sintomas e procurar ajuda médica regularmente.

Evitar o hábito de esfregar os olhos e tratar os sintomas alérgicos também são medidas preventivas essenciais.

O tratamento do ceratocone pode envolver o uso de óculos, lentes de contato corretivas, crosslinking, lentes de contato rígidas, anel corneano intraestromal e, em casos graves, transplante de córnea.

A conscientização sobre o ceratocone é fundamental para promover a detecção precoce e o tratamento adequado dessa doença ocular.

Espero que este artigo tenha fornecido informações úteis sobre o ceratocone e em caso de dúvidas deixe um comentário.

Se você gostou, não hesite em compartilhar com alguém que possa se beneficiar dessas informações.

Gostou? Nos ajude avaliando este artigo, por favor.

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

We are sorry that this post was not useful for you!

Let us improve this post!

Tell us how we can improve this post?

Leave a Comment